Dia dos Avós, 26 de julho – Psicóloga e Orientadora fala sobre a relação entre “avós e netos”.

Dia dos Avós, 26 de julho – Psicóloga e Orientadora fala sobre a relação entre “avós e netos”.

Com a chegada desta data tão importante para nossas crianças a Psicóloga e Orientadora Paulete Oliveira CRP 06/144173 em entrevista conta um pouco mais sobre esta relação entre “netos e avós”.

A casa dos avós costuma ser uma das melhores lembranças da infância, lugar que acontecem as melhores estórias, lugar de muito aconchego e liberdade para as crianças, a relação dos avós com os netos é uma das mais especiais e que envolve muita cumplicidade, relata a Psicóloga e Orientadora Paulete Oliveira CRP 06/144173 .

A relação entre avós e netos pode ser consistente e duradoura. Costuma favorecer ambos nas diferentes etapas do ciclo vital e também traz vantagens para a família como um todo, pois fortalece o sentimento de unidade familiar.

Quando os netos, desde pequenos, têm uma relação boa com os avós, provavelmente quando forem adolescentes ou adultos vão querer manter a proximidade.

A convivência entre as gerações contribui para a sensação de rejuvenescimento dos mais velhos, que colabora para quebrar barreiras que podem existir para quem viveu boa parte da vida em uma sociedade diferente da atual.

Uma vez que os avós passam a ser valorizados pelos netos, eles passam a ter um sentimento de rejuvenescimento e de que são reconhecidos, para os netos, a sensação é de que há mais um ponto de sustentação além dos pais e de que as relações com a família estão mais resistentes.

Além disso, existe um sentimento de segurança e de fortalecimento dos vínculos familiares que é cedido aos netos nessa convivência.

Geralmente a relação das avós com seus netos acontecem de forma natural, os avós oferecem, brincadeiras, dicas de convivência, conselhos, reflexões sobre diversas situações, através disso os netos consideram uma relação menos rígida do que a que tem com os pais.

Muitos netos consideram que os avós tem o melhor papo, melhor colo, são fontes de paz, os melhores personagens da infância, e obviamente, a eterna saudade.

“…ser avó e ser avô, é ser mãe e pai duas vezes. É um amor incomparável, uma joia vinda do céu ! Parabéns a todos os vovôs e vovós, vocês são, sem dúvida,  a prova do amor entre pais e filhos.”

Parabéns, Psicóloga e Orientadora Paulete Oliveira CRP .

Parceira:
Paulete Oliveira CRP 06/144173
Rua Rui Barbosa, 634
São Roque | Centro | SP
11 997247744

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Deixe uma resposta