Bicicletas em condomínios.

Bicicletas em condomínios:

Nos últimos anos as bicicletas em condomínios cresceram muito e por isso é importante que o assunto seja sempre mantido na pauta das reuniões de assembleia, com a finalidade de agregar maiores esclarecimentos sobre o tema e até mesmo eventuais transtornos!

Como é de conhecimento geral, a bicicleta é um meio de transporte que vem se tornando a cada dia que passa mais presente na vida de muitas pessoas – e se tratando dos grandes centros urbanos onde a vida em condomínio é extremamente comum, as “magrelas” acabaram despertando uma atenção especial!

Embora ela seja um excelente meio de transporte para quem está disposto a fugir do transito caótico das grandes cidades, há um ponto que cada vez mais chama a atenção – o local adequado para guardar a sua bike.

Isso porque nem todos os condomínios possuem locais apropriados para guardar bicicleta em seus ambientes e nem todo mundo pode contar com a estrutura dentro de casa para manter o meio de transporte seguro!

Justamente por isso, cada vez mais os condomínios estão mostrando preocupação com esse assunto e incluindo tal item junto à pauta de discussões entre os moradores.

Por mais que o local não conte com uma estrutura adequada é importante debater o assunto para que assim seja possível encontrar, em conjunto, uma solução que agrade a todos – e nem isso é uma medida simples, pois cada um poderá ter uma opinião ou uma solução bastante diferente do que a realidade de fato permite!

Quer saber porque é tão importante discutir tal tema? Então confira abaixo os motivos!

Bicicletas em condomínios – O que é preciso saber antes de levar o assunto pra a pauta de reunões ?
Quando ocorre do condomínio não ter um espaço destinado para manter as bicicletas dos moradores é importante que todos fiquem bastante alertas com relação ao Regime Interno!

Isso porque em algumas situações a garagem existente somente é destinada para veículos automotores, ou seja, acaba havendo a proibição de se manter pertences de caráter pessoal nas áreas consideradas comuns! Nesses casos, bicicleta e garagem não combinam em nada!

Diante desse tipo de cenário, é necessário fazer a convocação de uma assembleia para que o assunto seja amplamente discutido – ou, dependendo da administração e da estrutura do espaço, permitir que as bicicletas sejam guardadas na garagem sem qualquer empecilho – ou até mesmo fazer a aquisição de um bicicletário.

Se nenhum dos cenários acima for possível, o jeito será mesmo o morador guardar a bicicleta dentro de sua casa – algo que nem sempre acaba sendo bem aceito pelos moradores.

De acordo com o regimento interno de alguns condomínios, é possível destinar a garagem para armazenar qualquer tipo de veículo – em casos como esse, é importante que o proprietário da bicicleta conte com uma boa dose de bom senso – e jamais esquecer que a mesma deve ser mantida dentro dos limites de cada vaga!

Há casos onde a administração permite que seja feita a instalação de um suporte para bicicletas de forma que ele fique bem perto da vaga do proprietário – nesses casos o proprietário deve adquirir seu próprio suporte e fazer sua instalação de acordo com as orientações da administração do condomínio!

 

Como lidar com a questão de espaço?
Mesmo em situações onde o condomínio possua um espaço destinado para guardar as bicicletas dos moradores, é importante também levar em consideração alguns pontos cruciais!

Isso porque nem todos os moradores das unidades possuem bicicleta – e alguns possuem mais de uma! Nesses casos é possível seguir dois caminhos práticos, sendo que o primeiro é realizar um sorteio das vagas disponíveis, enquanto que o segundo caminho é recorrer à limitação de vagas para cada uma das unidades.

Vale ainda registrar que os condomínios não podem ser responsabilizados por perda, roubo ou até mesmo danos provocados às bicicletas – isso quer dizer que é de responsabilidade do morador recorrer à atributos de segurança do seu item, podendo contar com o apoio de ferramentas práticas, como cadeados, trancas, correntes e outras!

Ficar de olho também nos casos de abandono de bicicleta é um dos problemas recorrentes em muitos condomínios! Quando acontece esse tipo de acumulo, é importante que a administração procure lançar um comunicado para todos os moradores para que as bicicletas tenham algumas identificações – se por ventura tal regra for desrespeitada, o condomínio pode doa-las, por exemplo! – isso não é uma regra e sim uma sugestão adotada por alguns locais!

Agora que você já sabe mais sobre as bicicletas em condomínios, certamente poderá pedalar por aí com menos preocupação!

Parceira:
Eagle Condomínios
Rua Jose Augusto Pedroso, 283
Vila São Francisco – Cotia
11 42621108
contato@eagelcondominios.com.br

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Deixe uma resposta