Síndico profissional: uma solução eficiente para alguns condomínios !

Além da administradora, contratada para auxiliar na melhor condução do dia a dia do condomínio, e a terceirização da mão de obra, como a equipe de limpeza e de segurança, pode-se recorrer à terceirização do síndico, principalmente se a administração for mais complexa e exigir experiência e conhecimentos específicos.

É bem verdade que, se o síndico for um morador, ele tem mais facilidade para se relacionar com os demais por conhecer de perto a rotina do local, porém, hoje em dia, muitas vezes não é possível encontrar alguém que tenha tempo o suficiente para se dedicar à função, mas isso não significa que seja uma desvantagem não fazer parte do condomínio e poder tomar atitudes com isenção e sem receio de constrangimentos. Ao contactar a administradora em busca desse profissional, deve-se ficar atento, assim como em qualquer contratação, às informações do currículo e principalmente às referências de outros condomínios que gerenciou, e é importante destacar que o síndico não deve ser funcionário da administradora, e sim trabalhar junto com ela de forma independente, sem vínculos empregatícios. Em seguida, uma assembleia deve ser realizada para que todos os moradores e proprietários aprovem a escolha.

Para ser um síndico profissional, além da expertise em administração, é interessante fazer cursos para aprimorar os conhecimentos e para aumentar a capacitação, o que o valoriza como gestor, o diferencia e influencia diretamente no seus ganhos como contratado. Esse síndico é visto pelos condôminos como um funcionário, e precisa participar das reuniões para seguir o que foi determinado, de acordo com regras operacionais e jurídicas, e ter um planejamento de tudo o que deve ser feito e fiscalizado, e também, é claro, zelar pelo bem-estar comum e pela boa convivência diária. Administrar conflitos é outra característica muito valorizada em um síndico profissional, que precisa estar sempre pronto para encontrar as melhores soluções, sem que nenhum envolvido seja prejudicado, além da habilidade para supervisionar os demais funcionários, ordenar a realização de obras e serviços e representar o condomínio como um todo.

A profissão de síndico ainda está em crescimento, mas o mercado tem previsões de expansão, já que muitos interessados estão cada vez mais empenhados em estudar (através de cursos presenciais ou à distância) e se reciclar para conquistar uma melhor capacitação, executando a função da forma mais assertiva possível, a partir de noções de comunicação, gestão de pessoas e segurança. É um desafio para esses profissionais, ainda, realizar as tarefas legais, tributárias e financeiras, incluindo a prestação de contas da gestão condominial, e nesse momento a dedicação, o comprometimento e a responsabilidade fazem toda a diferença.

SejaParceiro:
Davi Vasconcelos
11940081012
sindfacil@sindfacil.com.br

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Deixe uma resposta